Como Cuidar de Orquídeas. Dicas para iniciantes.

Como Cuidar de Orquídeas. Dicas para iniciantes.

Como cuidar de orquídeas

Como Cuidar de Orquídeas

Como cuidar de orquídeas; Como as orquídeas começaram a ser produzidas de maneira barata na Ásia e na Holanda, as flores elegantes tornaram-se padrão em quase todos os mercados mundiais. Não admira que as lindas flores agora decorem tantos apartamentos e casas ao redor do mundo.
Cuidar das flores de orquídeas é uma tarefa exigente. Ao plantar, adubar e podar você pode fazer muitas coisas erradas: nós mostramos quais erros você deve evitar durante o manejo.

Acompanhe as dicas abaixo e obtenha o melhor para suas orquídeas viverem mais e mais saudáveis.

A maioria destas plantas são do gênero Phalaenopsis. Esta espécie é comparativamente robusta e mais fácil para os iniciantes de cuidar do que outras espécies de orquídeas.
Além disso, o Phalaenopsis tem uma floração bastante exuberante. Para que você possa aproveitar suas orquídeas o maior tempo possível vale a pena dar uma olhada na hora de comprar para não comprar plantas doentes ou com problemas.

Como reconhecer Orquídeas saudáveis.

O sistema radicular da orquídea fornece uma boa indicação de uma planta saudável. Raízes saudáveis ​​são verde-claro a verde-escuro, dependendo de quão úmidas elas estão.
Por outro lado, se as raízes são brancas ou marrons, é melhor evitar esta planta. Nas folhas, manchas marrons ou pequenos orifícios indicam uma infestação de pragas. As orquídeas saudáveis ​​têm uma rica folhagem verde e firme.

Cuidado: Não molhe muito as orquídeas!

Quando se trata de como cuidar de orquídeas, há um princípio em muitos aspectos: “Menos é mais”. Eles precisam de pouca água, fertilização comparativamente fraca e não gostam de luz solar intensa.
No entanto, a necessidade varia de espécie para espécie. Mas no geral eles não gostam de “exageros”, então tome cuidado neste ponto.

Por exemplo, a Phalaenopsis prefere um local meio obscuro. Luz solar direta e calor geralmente não a fazem bem. Em casa, esta orquídea cresce principalmente nas árvores e deriva seus nutrientes principalmente do ar e da água da chuva.
Geralmente, as orquídeas não gostam de água “tratada”.Este é um erro comum de iniciantes que regam as orquídeas com água de torneira com cloro e outros produtos químicos de tratamento. Evite fazer isso!
O ideal é usar água da chuva na temperatura ambiente. Mas lembre-se sempre de regar pouco, muita água é provavelmente a causa mais comum de morte de orquídeas domésticas.

Quando se trata de Como cuidar de orquídeas geralmente, é suficiente regar orquídeas uma ou duas vezes por semana. Para evitar o encharcamento no vaso, é bom deixar furos embaixo para drenar o excesso de água após a rega ou a chuva.
Em vez de derramar água por cima, você também pode mergulhar o vaso na água para que ela entre pelos furos de drenagem embaixo não esquecendo de escorrer bem depois.
Além disso, você pode molhar as folhas da orquídea com um pouco de água do frasco de spray ou limpá-las com uma esponja.

Cuidados a serem tomados quando fertilizar suas orquídeas.

Assim como na rega, você não deve exagerar na fertilização. Especialmente em sua fase de crescimento (geralmente da primavera até o outono) as plantas devem ser fertilizadas regularmente, mas em geral muita adubação prejudica as raízes sensíveis, portanto nada de exageros.
Geralmente é o suficiente fertilizar a cada duas a quatro semanas; no inverno o recomendável é não adubar.
Também é recomendado usar adubo de orquídea especial que é idealmente adaptado às necessidades desta planta com base em seus nutrientes isso ajudará como cuidar de orquídeas.

O substrato ideal para as suas orquídeas.

Em vez de usar solo ou terra adubada normal, é melhor usar os substratos especializados de orquídeas.
Quanto mais “grosso” o substrato for é melhor como cuidar de orquídeas. Eles contêm principalmente pedaços de casca, turfa ou carvão e podem armazenar água facilitando o manejo
A cada dois ou três anos, você deve substituir o substrato para que haja uma renovação nos nutrientes.
Espero que tenham gostado dessas dicas para cuidar de orquídeas. Se você gostou compartilhe este artigo com seus amigos para que eles também conheçam estas dicas. E-book completo sobre cuidado com orquídeas. Até a próxima! 🙂

➡Ative o sininho no rodapé da página, e seja avisado de novos postes.

Envie seu comentário